Tendências 2018

12 tendências que afetarão também as pulseiras para relógio

Longe vão os tempos em que o relógio era simplesmente um artefacto para medir o tempo e, como tal, procurava-se fundamentalmente um que fosse funcional. Hoje em dia, o relógio, e, consequentemente, a sua pulseira, são totalmente influenciados pelas tendências vindas do mundo da moda. Hoje é frequente ver que cada marca do mundo da costura tem a sua linha de relógios. Para dar alguns exemplos, basta citar Guess, Tommy Hilfiger, Versace ou Gucci.

Quais são as tendências da moda que nos vão marcar para este 2018 que acaba de começar? Quer saber o que pedirão os clientes nas relojoarias? Quer atualizar o seu velho relógio, pondo-o na última moda apenas com uma troca de pulseira? Então não deixe de ler esta publicação, na qual lhe adiantamos como será 2018.

1. Brilhos

Vamos começar a ver lantejoulas e acessórios brilhantes não só nos vestidos de noite, mas também durante o dia. E se o seu vestido vai brilhar, porque não deveria fazer o mesmo o seu relógio? Nesta linha Diloy, tem o seu modelo de pulseira metalizada 369 em medidas de 18 a 30mm nas cores dourado e prateado. Além disso, começámos a introduzir peles brilhantes em alguns dos nossos modelos, como o 401, disponível em 13 cores,entre 14 e 24mm.

Não perca a nossa coleção de pulseiras para relógio fashion.

pulseira metalizada 369

pulseira metalizada 369

2. Ultravioleta, amarelo e laranja

Se a Pantone diz que é a cor do ano, por alguma razão será. Como sabe, na Diloy referimo-nos às cores por um código, e, curiosamente, o Ultravioleta é o 18. Será algum tipo de premonição? Temos vários modelos com esta cor, sobretudo na nossa coleção Essential, que, como o próprio nome indica, contém os modelos que não deveriam faltar em nenhuma relojoaria. Dê uma vista de olhos por esta coleção e encontrará pulseiras desta cor em medidas entre 12 e 30mm e, além disso, ao melhor preço.

Associado a esta cor violeta, as passarelas apareceram em tons de lavanda e tons ácidos como o amarelo e alaranjados, que correspondem, respetivamente, aos códigos de cor 10 e 12 da coleção Diloy.

3. As cores pastel

As cores pastel transformaram-se na grande aposta da primavera-verão 2018. Do rosa claro ao verde-água ou ao amarelo. E tudo indica que não será uma tendência passageira, mas sim uma das que chegam para ficar durante algum tempo. Nina Ricci, Delpozo, Miu Miu ou Victoria Beckham incluíram-nas nas suas novas coleções e, naturalmente, as marcas low-cost apaixonaram-se igualmente por esta tendência que chegará também ao mundo da relojoaria.

Estes tons transformam-se em tendência pela sua qualidade luminosa, recuperando a suavidade atrativa feminina. Por isso, o lilás, o amarelo, o azul cíano e o rosa transformam-se nas cores-chave às quais ninguém poderá dizer que não.

Na Diloy, temos modelos com uma variedade de até 18 cores. Se não encontra a cor de tendência, é porque não existe. Por exemplo, dê uma vista de olhos ao nosso modelo mais básico, a pulseira 302. Uma pulseira de couro bovino disponível em 18 cores, entre as quais encontrará rosas, lilases, amarelos, cinzentos, etc.

Na Diloy, temos modelos com uma variedade de até 18 cores. Se não encontra a cor de tendência, é porque não existe. Por exemplo, dê uma vista de olhos ao nosso modelo mais básico, a pulseira 302. Uma pulseira de couro bovino disponível em 18 cores, entre as quais encontrará rosas, lilases, amarelos, cinzentos, etc.

Dê uma vista de olhos aos modelos com códigos de cor 13 (pau-rosa), 16 (azul), 19 (azul cíano), 14 (lilás), 10 (amarelo), 23 (creme), 22 (branco)

4. O branco

2018 reinventa a tendência para nos oferecer estilos de roupa completamente brancos com diferentes cortes e larguras, o que indica que o branco continuará a ser habitual nos relógios de mulher.

Precisa de pulseiras brancas?

  • Temos modelos clássicos entre 10 e 40mm: modelo 302, 304
  • Gravado com motivo de touro, como a P205
  • Gravado com motivo de crocodilo, como as nossas 361 e 368
  • Inclusive algum modelo mais desportivo, como a 363

Recordamos-lhe que, na Diloy, o código de cor branco é o 22.

5. Military Chic

Época atrás de época, volta o visual militar. Temos uma publicação sobre o assunto, pelo que não o vou aborrecer repetindo-a. A nossa coleção está repleta de modelos disponíveis em cor verde-oliva e em estampados de camuflagem. Não lhe será difícil encontrá-los.

6. Denim ou ganga

As empresas mais importantes propõem, nos seus desfiles primavera-verão, artigos de vestuário em ganga tão variados como casacos, blazers, vestidos de cocktail e saias-casaco. Uma alternativa para dar uma volta ao visual do empoderamento feminino. Além dos artigos de vestuário propriamente ditos, veremos a ganga em sapatos, bolsas e outros acessórios, pelo que seguramente os relógios não serão alheios a esta moda.

Já sabe que pode colocar ganga no seu relógio com os nossos modelos

Pulseira de ganga 389

Pulseira de ganga 389

Pulseira denim 390

Pulseira denim 390

7. Visual Vintage

De há um tempo a esta parte, no que se refere a relógios, o mais antigo converteu-se no mais novo. Seguindo a tendência que está a ter influência em todos os aspetos da nossa vida quotidiana, desde mobiliário, com o renascimento dos sofás Chester, até aos artigos de decoração, todas as marcas de relojoaria incluíram, nas suas coleções, modelos vintage, apoiando-se em materiais envelhecidos e em desenhos de pulseiras de há mais de 50 anos, com costuras feitas à mão.

Se procura uma pulseira que “rejuvenesça” o seu relógio, dando-lhe um ar retro, certamente irá encontrar o que precisa na nossa coleção de pulseiras para relógio vintage.

Não perca o nosso modelo Vetusta, fabricado com couro bovino envelhecido no processo de curtimento até chegar a um vergado superficial ligeiro e irregular, que imitará na perfeição vários anos de uso

Pulseira Vetusta

Pulseira Vetusta

Prova-o o nosso modelo Louisiana, fabricado com couro bovino gravado com motivo de crocodilo, cosido à mão e com um desenho baseado nos modelos dos anos 50.

Pulseira Louisiana

Pulseira Louisiana

8 y 9. Nato e Zulu

Muito relacionado com o vintage ou retro, temos os modelos Nato e Zulu. Temos outra publicação deste blogue fazendo referência precisamente a este tipo de modelos que talvez lhe interesse ler. Aqui.

Há alguma marca que ainda não tenha incluído, nas suas coleções, este tipo de pulseira? Desde marcas como a Tudor, a relógios económicos oferecidos em jornais, passando pelo inevitável Daniel Wellington.

Pulseira para relógio Bi Zulu

Pulseira para relógio Bi Zulu

2018 significará a consolidação deste tipo de pulseiras NATO

10. Preto total.

Sim, eu sei, não há nada mais evidente do que dizer que uma pulseira preta será um top de vendas. Mas quando falamos do preto total, estamos a referir-nos a pulseiras pretas, com costuras grossas e visíveis, mas também pretas e fivelas e outros detalhes metálicos com oxidação negra.

 

Neste momento, só temos disponível um modelo que pode entrar nesta tendência: a nossa pulseira 397, fabricada com couro bovino encerado. Mas estamos a trabalhar em vários modelos que cubram esta procura do mercado.

Para já, recordamos que temos disponíveis fivelas com oxidação negra, com as quais poderá converter qualquer dos nossos modelos clássicos.

11. Cores arenosas

Sim, o deserto marca tendência esta temporada. Na realidade, a febre desértica chegou, com as suas cores terra e as suas texturas orgânicas, aos nossos roupeiros para ficar em 2016 e seguirá connosco em 2018.

Não deixe de dar uma vista de olhos à nossa pulseira 399 (nosso modelo Sahara), o modelo que melhor recolhe o espírito do deserto.

12. Mesh ou Milanesa

Por último, mas não menos importante, as milanesas ou pulseiras tipo mesh, fabricadas com fio de aço entrelaçado. Se quer aprender mais sobre este tipo de pulseiras, não deixe de ler esta publicação sobre o nosso modelo Mesh EP

Montada tanto em relógios de preço básico, como Marea, como em grandes marcas como Omega, Breitling, IWC ou Zenith, passando por marcas mais populares como Lotus, Festina, Viceroy, Mondaine, Calvin Klein ou Hamilton. E, naturalmente, nas duas marcas de moda dos dois últimos anos: Daniel Wellington e Bering.

Na Diloy, oferecemos-lhe vários modelos de pulseiras tipo mesh. Dê uma vista de olhos à nossa coleção se quer pôr uma pulseira milanesa no seu relógio

Bónus: 3 Tendências que espero que não nos afetem

1. Bolinhas

Um dia, prometi a mim mesmo não voltar a fabricar pulseiras às bolinhas, pelo que fiquei realmente preocupado quando li que uma das tendências de 2018 serão as bolinhas.

Para minha desgraça, não demorei nem 10 segundos a encontrar um relógio com a pulseira às bolinhas. E já dizia a minha avó: “onde encontras um, certamente que há mais”. Não quis nem continuar a procurar. Até ao momento, ninguém nos pediu, e espero que assim continue, mas se calhar, calhou… Mas cruzo os dedos… As últimas que fabricámos, creio que as conseguimos liquidar em 1990, coincidindo com a feira de abril.

2. Franjinhas

Outra das tendências de 2018 que espero que não chegue ao mundo das pulseiras para relógio. Depois do resultado da pesquisa das pulseiras às bolinhas, até tinha medo de repetir o mesmo com as franjinhas. Neste caso, a pesquisa demorou um pouco mais, mas encontrei um relógio com uma pulseira com franjinhas. Aqui sim, estou quase certo de que nos livraremos. Por favor, diga-me que não gosta.

 

Isto sim, na joalharia prepare-se porque vem com força.

3. Estampados

Uma imagem vale mais do que mil palavras

Grite comigo: “Nããããããããããããããããããão!”